Você sabe o número de Barragens de Rejeito no Brasil?

por Hugo Rocha em 14/Dec/2018
Você sabe o número de Barragens de Rejeito no Brasil?

Segundo Luiz Panigo, Gestor de Segurança de Barragens da Agência Nacional de Mineração, as autoridades regulatórias e fiscalizatórias aprimoraram a qualidade das informações sobre barragens de rejeitos. Em um levantamento em abril de 2018, contatou-se um total de 786 estruturas no Brasil, sendo que 417 estão inseridas na Política Nacional de Segurança de Barragens (PNSB), enquanto 369 não. Em 2013, por exemplo, estavam cadastradas apenas 243 barragens no Brasil, o que demonstra a evolução do controle desses empreendimentos na atualidade.

Em 2013 havia 41 barragens com classificação de risco alto de apresentarem acidentes. Em 2018 este total baixou para apenas sete unidades. Há 36 barragens com médio risco e 374 com classificação de risco baixo, segundo Paniago. Em Minas Gerais está localizado o maior número desses empreendimentos: 355; no Pará há 109 e em São Paulo 79.

Sistemas de fiscalização e controle de barragens de rejeitos de mineração evoluíram nos últimos anos

A gestão de segurança das barragens de rejeitos minerais melhorou nos últimos anos, o Brasil passou a ser referência internacional em gestão de emergências nessas estruturas e o as autoridades regulatórias e fiscalizatórias evoluíram os procedimentos de coleta de informações e de controle. E há bem menos barragens com risco considerado alto de apresentarem acidentes do que há cinco anos. Ainda assim, há divergências de informações sobre as barragens que precisam ser superadas.

Fonte: Instituto Minere

Hugo Rocha

Engenheiro Civil pela UFOP, Mestre em Hidráulica e Saneamento pela USP. Experiência na elaboração de projetos de novas barragens para armazenamento de água e rejeitos de mineração, estudos hidrológicos e hidráulicos, auditoria de segurança em barragens existentes, Planos de Segurança de Barragens (PSB), Planos de Ações de Emergência (PAE) e estudos de ruptura hipotética de barragens (Dam Break).

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

©GeoHydroTech Engenharia

by nerit