Notícias

 

Riacho dos Machados terá maior vida útil

Posted by Jonathan Wommer
A Mineração Riacho dos Machados (MRDM), que pertence à Brio Gold, subsidiária da canadense Yamana Gold, anunciou que a vida útil da jazida de ouro no complexo instalado no município de Riacho dos Machados, Norte de Minas Gerais, aumentou em 37%. Segundo a Brio Gold, o plano da mina foi otimizado e a vida útil prolongada em três anos, somando nove anos no total.
 BRIO 0 ght
 
 
Apesar de projetar o crescimento da produção de ouro no complexo, a mineradora informou que o volume produzido em 2017 ainda deve sofrer impactos de uma série de adequações, obras e também do período de seca na região. Entre as obras, a companhia está instalando uma nova unidade de armazenamento de água e prossegue com o projeto de conectar a mina à rede elétrica do Estado. O comissionamento da linha elétrica está previsto para o segundo trimestre de 2018. A linha substituirá os atuais geradores de energia a diesel de baixa capacidade, o que também deve reduzir custos de operação na mina, melhorar a moagem e a recuperação, além de expandir a produção do moinho.
 
A Brio Gold produziu 32,9 mil onças de ouro até setembro de 2017, um aumento de 3,7% sobre as 31,7 mil onças do ano anterior. A Brio projeta uma produção de ouro em Riacho dos Machados entre 50 mil onças e 65 mil onças para o fechamento de 2017. Para 2018, a expectativa é de produzir algo entre 90 mil onças e 95 mil onças, e, em 2019, a produção no ativo deve ficar entre 95 mil onças e 100 mil onças do metal. Outro projeto para 2018 é a expansão da profundidade de extração de ouro na mina, o que pode acarretar nova revisão dos recursos do ativo. 
 
FONTE: Brasil Mineral